Com cerca de 100 pessoas presentes, entre colaboradores, parceiros e clientes, o estande da Zeppini sediou uma emocionante cerimônia de entrega da doação de fundos para a CASA DE APOIO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE COM CÂNCER DO ABC. As doações foram arrecadadas com a venda de brindes com o logotipo da Companhia numa vending machine instalada no interior do estande.

A cerimônia foi apresentada pelo jornalista Ricardo Hernandez, seguida de um agradecimento do presidente do grupo, Carlos Alberto Zeppini “me deixa muito satisfeito ter colaboradores de alto nível e poder retribuir essa gratidão por meio desse gesto”, disse o executivo aos presentes.

Em seguida, Paulo Rogério Fernandez, diretor executivo e Solange Fernandez, diretora de Marketing, também dirigiram agradecimentos a todas as doações.

“Este projeto era um sonho antigo e hoje só podemos agradecer a cada um de vocês”, disse Solange, emocionada.

Gustavo Faé Vallejo, representante do Rotary Club de Santo André, entidade mantenedora da Casa de Apoio, esteve presente na cerimônia e também elogiou a iniciativa. “Vale a pena pensar no tempo livre que cada um tem, pois quanto mais doamos maior é nossa vontade de doar mais. Agradeço a seriedade do grupo Zeppini onde vejo que cada um trabalha com o coração”, disse Vallejo.

Ao final, todos brindaram a iniciativa e o jornalista Ricardo Hernandes recolheu algumas imagens e entrevistas para o seu programa semanal Coisas de Agora, que pode ser assistido no site: www.coisasdeagora.com.br


A Zeppini destacou sua presença nos maiores eventos do setor de petróleo e combustíveis durante os meses de setembro e outubro. Após a matéria na Gazeta Mercantil, sob o título “Postos ecológicos”, outras publicações como Jornal do Brasil (Rio de Janeiro) e Consumidor RS também veicularam o tema.

Após a participação da companhia na Expo Petro, em Gramado, a Zeppini também conquistou espaço na mídia local gaúcha. Jornais como Correio do Povo (Porto Alegre) e Jornal do Comércio (Porto Alegre), além dos sites Resan e O Pioneiro destacaram o evento que mobilizou empresários de todas as partes do Sul do Brasil.

A Zeppini informa a seguir o funcionamento e aplicação de uma caixa separadora de água e óleo. O equipamento pode ser aplicado em inúmeros estabelecimentos além dos postos de serviço e representa um grande avanço para a preservação ambiental, ao evitar a contaminação da água e auxiliar no correto tratamento dos efluentes.

CAIXA SEPARADORA DE ÁGUA E ÓLEO ZEPPINI MODELO ZP-2000

O que é uma Caixa Separadora de Água e Óleo (CSAO)?

A CSAO é um equipamento que tem como principal função realizar o tratamento da água proveniente de ambientes que contenham resíduos oleosos como oficinas mecânicas, postos de serviços ou indústrias.

Para aumentar sua eficiência, a CSAO da Zeppini utiliza o fenômeno físico da coalescência para separar os óleos livres presente na água, devolvendo ao meio ambiente efluentes limpos, ou seja, com uma concentração de óleo menor que 20mg/L conforme legislação brasileira.

Porque devo utilizar a CSAO?

· Impede o lançamento de óleo na natureza (rios, lagos, mar, solo), proporcionando a preservação do meio ambiente.
· Atendimento à Legislação Brasileira conforme NBR 14605 que exige a utilização de tratamento prévio dos efluentes antes de seu lançamento na rede de esgoto.

Como eu sei se a CSAO funciona mesmo?

· A CSAO deve ser testada em laboratório conforme procedimentos descritos na NBR 14605 para verificar se os efluentes têm concentração menor que 20mg/L
· Estes testes têm dois objetivos. O primeiro é determinar se o projeto e a fabricação do produto atende as normas e regulamentações. O Segundo é garantir que todos os sistemas serão produzidos da mesma forma, garantindo o mesmo resultado de desempenho.
· Observar que Testes de concentração não são os mesmos daqueles realizados para checagem da qualidade da água. Tais testes são específicos e simulam as condições de operação em que a Caixa Separadora será submetida quando em operação.

Por que adquirir uma Caixa Industrializada e não construir uma Caixa de Alvenaria diretamente no terreno ?

· As Caixas Industrializadas seguem um projeto aprovado por testes, e são produzidas seguindo um padrão. Isso garante que todas terão em campo o mesmo desempenho verificado em Laboratório.
· As Caixas Industrializadas são de fácil instalação, operação e manutenção, o que motiva sua correta utilização e garante uma performance superior.
· A Caixa de Alvenaria pode apresentar rachaduras e trincas devido à movimentação freqüente do solo e subsolo, o que pode ocasionar contaminação do solo e conseqüentemente dano ambiental acarretando multas e autuações.
· A Caixa de Alvenaria é de difícil limpeza e manutenção, logo sua operação e performance podem ficar comprometidas caso não tenha manutenção adequada.

Quais as Vantagens da CSAO da Zeppini®

· Pode ser instalada diretamente no solo, não necessitando de sarcófago de alvenaria, o que reduz significativamente o tempo e custo da obra.
· É construída integralmente com componentes plásticos (Polietileno) de alta resistência mecânica e durabilidade, o que elimina danos devidos à corrosão, e principalmente as rachaduras e trincas que são comuns nas caixas de alvenaria.
· Todas as partes móveis internas do equipamento são facilmente removíveis, facilitando a manutenção e operação do sistema.
· Possui coletores internos de óleo que facilitam e torna rápida a operação de remoção do óleo da caixa.
· Utiliza o sistema de Elementos Coalescentes que proporcionam maior eficiência do equipamento, ou seja, retira mais óleo do que os equipamentos convencionais.
· É dimensionada para suportar uma vazão de 2000L de água por hora, abrangendo a maior parte das aplicações possíveis.
· O Sistema CSAO Zeppini® foi projetado em atendimento à norma brasileira NBR 14605 e com base na norma americana ASTM D 6104-1997 (Rev. 2003).
· A CSAO Zeppini® possui laudo técnico do Grupo Falcão Bauer que é um dos mais respeitados laboratórios da América Latina.
· A CSAO ZP-2000 Zeppini® foi submetida a testes de laboratório em sua vazão máxima e a concentração de óleo em seu efluente foi inferior a 20mg/L, o que está em atendimento ao previsto na legislação CONAMA 273.

Casos de Sucesso da CSAO ZP-2000

· Em muitos países além da concentração inferior a 20mg/L outros requerimentos são solicitados para certificação de uma Caixa Separadora. Níveis de Oxigênio da água, o Ph são alguns dos critérios exigidos além da concentração. As Caixas Zeppini® além de atender aos níveis de concentração também estão aptas a atender diversos outros requerimentos solicitados em diversos países.
· A Zeppini® tem fornecido o Sistema CSAO ZP-2000 para diversos países, sendo que o princípio e conceito do Sistema CSAO Zeppini® tem servido de referência e base para criação de normas e legislações em alguns destes países.


Em visita ao estande da Zeppini, Moacir Arruda Jr e Stephen Maley, gerentes de Vendas e Marketing da PetroTechnik, elogiaram a participação da empresa e o nível de parceria que estabelecem desde o ano 2000 em toda a América Latina. “A Zeppini é de longe o nosso melhor distribuidor e tem a melhor rede de distribuição exclusiva dos nossos produtos”, ressaltou Moacir Arruda Jr. A PetroTechnik é uma companhia internacional, sediada na Inglaterra, que fabrica tubos e conexões que são distribuídos no mercado brasileiro e também na América Latina pela Zeppini Ind. E Com. O histórico da empresa é recente, já que se estabeleceu sua fábrica no Brasil em 2000. No entanto, a PetroTechnik tem tradição no mercado mundial. Foi fundada em 1981 e tem como escritório principal, a cidade Ipswich, no norte da Inglaterra. O gerente de Vendas destacou ainda a parceria entre a Zeppini e PetroTechnics no mercado internacional. “Atuamos em diversos mercados, sendo que cada empresa tem sua própria política de negócios e mesmo assim nosso trabalho de parceria é efetivo em várias partes do mundo”, disse na entrevista realizada no estande da empresa, no Expo Imigrantes, em São Paulo.


Os colaboradores internos do grupo Zeppini (Fundição Estrela, Zeppini Comercial e Motor-Z) também visitaram o estande da companhia na Expo Postos. Com outros amigos pessoais ou familiares, conheceram o trabalho de exposição da marca e dos produtos da Zeppini e tiveram contato com a atuação da marca em eventos desse porte. Com isso, o tom humano e familiar característico do grupo, ficou referendado na Expo Postos 2007.


Uma lei aprovada em 31 de outubro, prevê a instalação de postos de serviço entre as duas pistas das rodovias onde isso for possível. Com essa nova lei, abre-se um grande mercado potencial para os equipamentos usados nas instalações. O projeto ainda precisa passar pela Câmara de Comissão e Justiça – CCJ – para ser aprovado pelo presidente.

Transportes aprova postos em canteiro central de rodovias

Agência Câmara

A Comissão de Viação e Transportes aprovou na quarta-feira (31) o Projeto de Lei 187/07, do deputado Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO), que prevê espaço para a instalação, nos projetos de novas rodovias, de postos de serviço, de abastecimento e de descanso em área central da pista. No caso de alargamento de rodovia já existente, a autoridade rodoviária deverá, sempre que possível, redesenhar as pistas de modo que esses serviços também passem a se localizar no meio das pistas.

De acordo com o relator, deputado Moises Avelino (PMDB-TO), a medida vai propiciar conforto e segurança aos usuários das rodovias, pois a localização central permitirá o acesso aos postos de serviço a partir das margens internas de ambas as pistas. “Isso configura o uso racional e econômico do espaço”, afirma. A proposta foi aprovada com emendas que fazem apenas ajustes de redação.

Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, segue para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.


O estande da Zeppini realiza uma ação social inédita durante a Expo Postos 2007. Como fruto de uma ação idealizada pelo Departamento de Marketing, foi instalada uma vending machine na parte de interna do estande. Nela, os visitantes podem comprar os brindes da Zeppini como canetas, blocos, pen drives, material audiovisual de treinamento técnico e também o mascote Zéppini, confeccionado em pelúcia. Toda a renda obtida com a venda desse material será revertida para a Casa Ronald Mc Donald do ABC. O local oferece apoio psicológico, social, odontológico, pedagógico, jurídico além de outros tipos de auxílio às crianças e suas mães. A casa é mantida pelo Projeto Crescer ABC, fundado em Santo André há 13 anos por iniciativa do Rotary Clube da cidade. A Zeppini também receberá fundos doados por seus paceiros, clientes e fornecedores e fará uma cerimônia para entrega destes recursos aos mantenedores da iniciativa que serão representados por Gustavo Fae Vallejo e Valter Roberto Francisco. Colabore você também! Casa Ronald Mc Donald Av. Príncipe de Gales, 821 – Santo André/SP Fone (11) 4992-1440 www.apcabc.org.br


Carlos Alberto Teixeira já foi cliente da companhia por muitos anos e adquiriu muitos equipamentos para postos de combustível. Depois de um tempo, tornou-se representante da Zeppini por um período relativamente curto e depois mudou de área de atuação. Os laços de trabalho se desataram, mas a amizade continuou.

Tanto que Teixeira partiu do Rio de Janeiro com destino a São Paulo, para visitar o estande da Zeppini, visitar as novidades da Expo Postos e rever os amigos. No estande da empresa, ele conta sobre a sua experiência: “É uma empresa que prima pela atenção com os clientes, pelos equipamentos e por isso as vendas são sensacionais”, destaca.

O empresário participou das quatro edições da feira já realizadas em São Paulo, e comenta que a estratégia do evento é válida, pois abarca as maiores companhias do setor, fabricantes e importadores de equipamentos, novidades e avanços tecnológicos e milhares de profissionais envolvidos com esse mercado.


A empresa Gomez Velásquez é um importante parceiro para a Zeppini, já que representa seus produtos no mercado da Colômbia que tem cerca de 2,7 mil postos de combustíveis e distribui equipamentos de alta qualidade produzidos em várias partes do mundo. A Zeppini tem cerca de 70% do mercado local, praticamente o mesmo market share que mantém no Brasil. “A Zeppini é uma empresa qualificada que oferece preço competitivo, alta qualidade nos seus produtos e isso alavanca o crescimento contínuo da nossa companhia”, explica Ramiro Gómez Velásquez, fundador da Gomez Velazques. Ele acrescenta que desde o primeiro contato e o seu primeiro pedido, percebeu a seridade da Zeppini em suas operações. Com sede na cidade de Cartago, no estado de Valle, a empresa existe desde 1986 e atende todas as regiões do país.


Mostrar tecnologia, modernidade, investimento em serviço e relacionamento. Estes são alguns dos objetivos de boa parte dos expositores da Expo Postos & Conveniência. A Feira, que este ano acontece no Centro de Exposições Imigrantes, reúne fornecedores de equipamentos para postos, empresas voltadas para o segmento de informatização e as mais diversas opções em conveniência.

Confira algumas novidades: A Zeppini apostou no relacionamento.

De acordo com a gerente de marketing, Solange Zeppini Fernandez, a proposta era receber bem os clientes com um atendimento diferenciado, “mais humano”. Este ano a empresa decidiu investir no institucional e para tanto, trouxe para Feira seu programa de Responsabilidade Social. “Criamos um personagem que ensina o instalador a atuar dentro das normas, é uma figura boa gente que não tem medo de passar informações ao mercado”. O personagem foi transformado em um boneco que está sendo vendido no estande. “Todo o valor arrecadado será doado para as empresas cadastradas.”


“A Zeppini é um parceiro estratégico para nosso trabalho no mercado argentino com sua linha completa de equipamentos e acessórios”. Com estas palavras, Sergio Navarro, vice-presidente da Lihué Ingeniería definiu a Zeppini, durante uma entrevista que concedeu no estande da companhia, na Expo Postos 2007.

A Lihué é uma empresa especializada em consultoria para instalação e manutenção de postos de serviços. Na Argentina existem pouco mais de cinco mil postos, sendo que a Lihué conta com um portfólio de 1,5 mil clientes. Destes, pouco mais de 200 foram totalmente remodelados de acordo com os mais modernos equipamentos que levaram o selo azul de qualidade Zeppini.

A Lihué estabeleceu novos mercados em 1992, quando fez o primeiro contato com a Zeppini no Brasil. Desde então, vieram outros dois parceiros importantes como Dresser Wayne e Petro Techcnik, que ajudaram a consolidar altos parâmetros de qualidade nas instalações dos postos argentinos. A palavra Lihué pertence ao dialeto Mapuchi que significa alento, valor e ânimo.